terça-feira, 13 de janeiro de 2009

Apenas uma companhia!


Quando a solidão bate a porta, ela exprime na fechadura e insisti tanto que acaba entrando. Olhei para o telefone que não toca há dias. O controle da Televisão funciona sozinho ao trocar de canal. Peguei o carro e saí sem rumo em uma noite quente de sábado. Os barzinhos estavam lotados, casais apaixonados conversavam. Olho para o banco do passageiro e continuava vazio. Peguei o celular, ia ligar para ex-namorada, mais a ex não era uma companhia, mais sim, uma adversária de uma disputa que duraram 3 anos. Mais adiante havia uma fachada vermelha piscando, dei seta para entrar, porém mudei de idéia. Pagar pela companhia de uma mulher era fora dos meus princípios e humilhante para qualquer homem que se preza. Continuei em baixa velocidade esperando os faróis fechar para demorar mais minha andança pela cidade, observava os carros passando apressadamente, não entendia o porquê de tanta pressa se corremos para ficar mais tempo parado no mesmo lugar! Sentei no sofá da sala e fiquei a imaginar, quantas pessoas estavam agora procurando a mesma coisa que eu. A sirene da campainha toca, ao abrir a porta deparo com minha vizinha. - Tem açúcar? Timidamente eu resmunguei: - Se não tiver, eu arrumo! Sente que vou buscar. Fui em direção a cozinha pensando, não precisava ter rodado a cidade toda, bastava ter ido ao apartamento ao lado, por que ali havia uma pessoa procurando a mesma coisa que eu... Apenas uma companhia...  

Osvaldo Valério

5 comentários:

  1. Olá querido!muito bom os textos,vc é realmente incrivel,foi bom te conhecer,vc é uma pessoa que passa e deixe verdadeiras amizades,pelo seu jeito.seja feliz sempre e continue sendo o que é....bjs thais

    ResponderExcluir
  2. Thais fico muito agradecido pelo seu comentário, e é muito bom saber que você pensa assim de mim, apesar de tanto tempo que nao nos encontramos.
    muito obrigado mesmo de coraçao

    ResponderExcluir
  3. ViNíCiUs [SoRRiSo]31 de janeiro de 2009 08:19

    Caraca Zoukeiro....(rsrsrs)
    Parabéns pelo texto!
    Um Abraço!

    ResponderExcluir
  4. Li esse texto exatamente em um momento assim, buscando no mundo todo o que estava bem na minha frente e eu não enxergava.

    Beijinhos no Coração.... Meu Doce Escritor Preferido!

    ResponderExcluir